6 de junho de 2011

Ainda tens muito para crescer e amadurecer. Tens de aprender a dar mais valor às coisas e a não querer tudo ao mesmo tempo mas ainda tens tempo para te aperceberes disso.
Não vou mudar a minha atitude pra contigo, prometo. Já de ti, pelo que tenho visto ultimamente, não tenho assim tantas certezas.
Fazes como entenderes, a vida é tua. Apesar de tudo e de agora pareceres um estranho, eu gosto muito de ti.

Um comentário:

Sara Martins disse...

de nada meu amor